terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

No silêncio profundo, se esconde a minha vontade de gritar!

     Raramente falo, raramento me exponho da forma que deveria me expor. Pessoa sem opinião própria ela encontra-se mais vulnerável do que o vento, que sopra por várias direções. Mas, por todo esse tempo, você só fez isso comigo, arrancou de mim o meu direito de falar, e de mostrar o que penso e também o que eu sinto, acabou que, o único sentimento que eu consigo mostrar para você e para todo mundo, é o medo. O medo de falar!

Foto: automutila-ao.tumblr.com
     Não quero mais! Cansei de ser o cachorro que é completamente dominado pelo seu dono. Você,
por muito tempo me transformou em uma pessoa completamente reprimida por sentimentos negativos e tristes. Com o tempo, me transformei em um pássaro que não conseguia gritar, imagine o quanto foi triste! Pois é, foi você que me fez sentir-me assim. Eu não suportava mais.

     Eu sentia tanta dor, tanta angústia, tanto sofrimento, que por muito tempo eu tive que carrega-los em minhas costas, tendo que suportar tudo aquilo, e você, logo atrás, além de ordens, me dava chicotadas. Ah, eu era um garoto tão bobo...

    Se o meu sorriso mostrasse o fundo da minha alma, muitas das pessoas ao me virem sorrindo, teriam chorariam comigo. Eu quis tanto desistir. Mas algo em mim me mandava continuar! E eu continuei, e hoje estou aqui. Você não está mais. Deus tirou de mim o que me atrasava. As vezes eu acho que você foi a consequência que eu tive de pagar para que eu pudesse mostrar realmente a pessoa que eu era. Ontem, eu era um garoto medroso, que era jogado contra a parede. Hoje, sou um homem, que cresceu, muito mais maduro, muito mais do que o que você possa imaginar. E você nunca mais poderá tirar isso de mim, e também, não irá tirar isso de mais ninguém, porque só quem ama de verdade, suporta as dores, e ninguém vai te amar, como eu te amei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário